Especiais Notícias

King’s Birthday WPMF 2016

Compartilhe o link dessa notícia: https://yoksutai.com/KOGQH

Pouco mais de 40 dias após a morte do Rei Bhumibol Adulyadej, último dia 5 de dezembro aconteceu seu tradicional aniversário, que à partir de agora terá o nome de “Memorial ao Rei Rama 9”. 

Esse ano foram 5 brasileiros, e 3 disputas de cinturão. No card preliminar tivemos Leila Cardoso, cearense que está passando uma temporada na Phuket Fight Club, contra uma suíça treina na Sasiprapa Gym. A brasileira lutou bem, conseguiu clinchar, mas não conseguiu superar a diferença razoável de altura e foi derrotada por pontos.

O segundo foi o carioca Diego Gonçalves, parceiro de Jos Mendonça na Ingram Gym. Diego enfrentou um peruano, e foi nocauteado no R2 após receber um duro direto de direita. Levantou e tentou voltar, mas o árbitro interrompeu o combate.

Pelas disputas de cinturão WPMF, o primeiro foi José Neto contra o duro Jimmy Vienot pelo título 160lb. O francês de 21 anos que em sua última luta venceu Tengneung Sitjasairong, provou que é um dos melhores lutadores do mundo. O canhoto Vienot conectou um duro no final do R1 balançando Neto, que foi literalmente salvo pelo gongo. No R2 o brasileiro ficou preocupado com a mão e o francês conectou um bom joelho de esquerda. Neto voltou da contagem, mas numa troca franca recebeu mais um cruzado e foi nocauteado.

Carlos Formiga da 13 Coins enfrentou o sueco, e atual campeão 168lb, Tobbe Kaewsamrit. Formiga muito mais alto não conseguiu machucar Tobbe, que marchou por  15 minutos atacando com duros socos no corpo e low kicks. Ao final do R2 Formiga estava com a perna esquerda bem machucada, mas o santista conseguiu levar a luta até o final. 

O último brasileiro da noite foi Jos Mendonça contra o tailandês Rasinsing Wor Wiwattananont, atual campeão 147lb. Jos, que fez sua terceira luta depois de mais de 1 ano afastado, voltou melhor que antes de sua lesão. Andou, machucou, brigou, recebeu 2 cortes e mais alguns pontos, e fez a melhor luta da noite. Apostadores e torcida ficaram malucos num combate que trocou de lado do começo ao fim, mas o tailandês conseguiu uma leve vantagem no R5, e continua sendo o campeão.

Se ainda não viu o evento, clique aqui

 

Leo Monteiro
Segue lá

Leo Monteiro

Escrevendo, fotografando, filmando, editando, promovendo e fazendo esse tal de muaythai chegar ao próximo nível.
Leo Monteiro
Segue lá
Vire Caveira

Comments

comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *