Menu fechado

Victor Hugo, a renovação carioca

Compartilhe o link dessa notícia: https://yoksutai.com/qFW6U

Deu zebra! Das grandes.

Leandro Duarte, atual campeão paulista FEPLAM 67kg fez a luta principal do Portuários no Master Talents no último sábado contra o relativamente novo Victor Hugo. Novo e desconhecido para o público restrito a São Paulo e Santos, mas o carioca não está a passeio. Com uma passagem pela Tailândia aos 17 anos, e outra alguns meses atrás onde foi campeão mundial WMO, o carioca foi até Santos enfrentar um dos melhores 67kg do Brasil.

Apesar de conhecer o potencial do Victor, Leandro lutaria em casa, teria a torcida a favor, comeria a comida de sempre, dormiria em sua sua cama, além de treinar diariamente naquele ringue. Victor é mais novo, menos experiente, não vem de uma academia com tantos lutadores renomados como a 013, e ainda teria uma longa viagem do Rio de Janeiro até Santos.

A luta começou estudada com Victor dando bons teeps e diretos no corpo. O campeão foi minando as pernas do carioca com bons low kicks. Estava tudo bem parelho até que na metade do R3 Leandro parou, e Victor começou a colocar bons joelhos que mudaram o rumo da luta. No R4 Victor veio para decidir, acelerou, e acertou uma cotovelada que terminou com o combate.

Clique e seja um caveira, assine o Yoksutai

Não tem como falar em sorte pois foi um nocaute construído, não um golpe do acaso. Victor lutou muito acima do esperado – mesmo com as adversidades – e Leandro abaixo, mas conhecemos seu potencial. Já o vimos fazer lutas memoráveis contra Luis Cajaíba ou Amadeu Cristiano, mas o fato é que mesmo perdendo, coração ele tem e vai até o fim, sem passo para trás.

Contudo, vale lembrar que Victor não cumpriu seu compromisso com a balança ficando 1,5kg acima do peso estipulado, mas se apresentou bem e mostrou a que veio: “Eles estavam super certos que eu ia perder, mas estou só no começo dessa missão e essa galera vai ouvir muito falar meu nome. Próximo passo é no Chile em junho, mas se tiver algo em São Paulo estou dentro”, afirmou o atleta da Art Fighters.

A equipe 013 conta com os 2 melhores 67kg do Brasil: além de Leandro Duarte, tem Júlio Maximus, campeão do Portuários que venceu Gui Carvalho. O fato é que por Victor ter sido campeão mundial WMO em Bangkok, e vencer o campeão da FEPLAM convincentemente, Victor precisa voltar à São Paulo e se testar contra esses atletas. O carioca está de fato remando contra a maré, e chegando onde muitos de nós jamais imaginou.

Acompanhe os campeões no instagram:
Victor Hugo @souza_victorhugo
Leandro Duarte @leandroduarte013

 

 

 

 

Leo Monteiro
Segue lá
Vire Caveira

Comments

comments

Post relacionado

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services