Menu fechado

Vitão publica nota sobre sua saída da luta principal

Compartilhe o link dessa notícia: https://yoksutai.com/FxVqJ

O lutador Vitão Puro Thai, campeão do Portuários 81kg, foi substituído por Matheus Robim em luta que acontece dia 10 de dezembro contra Fernando Fex no último evento do ano do Portuários. 

Vitão é um dos favoritos do público e teve um 2017 perfeito ao vencer suas lutas, com 3 delas entre as 10 melhores do ano, porém, estádio e atleta não entraram num acordo.

Após muita especulação se estaria lesionado ou fugindo da luta, Vitão soltou uma nota em seu facebook esclarecendo que o único problema para o cancelamento foi a bolsa oferecida. A organização afirma que o atleta não aceitou os valores oferecidos e retirou-se da luta, deixando o caminho vago para outros lutadores.

Confiram a nota na íntegra:

“Vamos lá, para os amigos que acompanham meu trabalho, trabalho esse que venho realizando com o máximo de seriedade, dedicação e Profissionalismo, esse ano fiz 5 lutas, todas muito elogiadas por entidades, blogues e por muitas pessoas importantes no Muaythai, 3 delas citadas pelo público como melhor luta do ano. Cheguei pra uma disputa de cinturão como zebra contra um adversário do qual respeito muito, porém muito mais experiente do que eu, lutei, calei a boca de muita gente com atitudes e não com palavras, e essa foi minha campanha até aqui.

Vamos ao motivo pelo qual não irei lutar… Quando me tornei “profissional”, apesar do ranking amador ser o mesmo que o profissional, minha primeira bolsa foi de $200,00 e 5 ingressos, eu aceitei pois precisava aparecer no cenário, venci e fui encaminhado para a disputa do cinturão no qual minha bolsa foi de $250,00 e 10 ingressos, e mesmo contrariado eu aceitei pois queria o cinturão, sempre ouvi que pra chegar lá é preciso se sacrificar e o fiz. Bom, vcs conhecem a história e agora preciso defender o cinturão e pra isso, me ofereceram $250,00 e 10 ingressos, eu não aceitei e pedi pelo menos $500,00 e 10 ingressos, nem contra proposta me foi oferecido e fecham uma disputa interina do cinturão do qual conquistei correndo ranking, com um atleta que com certeza não irá lutar por essa miséria que me foi oferecida. Em média, levo em minhas lutas de 30 a 40 pessoas, sem contar as que não tenho contato direto. Minha bolsa se paga facilmente pelo público que levo, a realidade é uma só, nós lutadores temos que garantir o show e ainda encher a casa, EU ME VALORIZO.

Parabéns aos eventos que colocam a mão no bolso pra divulgar, e valorizam o atleta.
Aviso aos desavisados não fujo de luta, luto com qualquer um, é só pagar o justo!

QUER FAZER ALGO IMPORTANTE PELO MUAYTHAI? VAMOS NOS VALORIZAR, POIS SEM ATLETAS NÃO HÁ EVENTOS.”

Siga o Yoksutai no Facebook e inscreva-se no YouTube para mais notícias.

 

Segue lá

Leo Monteiro

Escrevendo, fotografando, filmando, editando, promovendo e fazendo esse tal de muaythai chegar ao próximo nível.
Leo Monteiro
Segue lá
Vire Caveira

Comments

comments

Post relacionado

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services