Especiais Notícias Opinião do Amendoim

Opinião | Uma receita para o muaythai crescer

Compartilhe o link dessa notícia: https://yoksutai.com/aAU3X

Hoje o muaythai no Brasil conta com 2 canais de notícias, uns 4 estádios ativos, 2 eventos grandes e vários menores espalhados pelo país. Temos por volta de 10 confederações, ligas e associações que não conseguem unir os praticantes nacionalmente, com pelo menos metade delas mergulhadas em denúncias e escândalos de corrupção. 

Os praticantes e fãs são 65%* do público. Consomem lutas, pagam academia, assistem vídeos, compram equipamentos. Porém, somente vão aos eventos quando ficam sabendo, assistem aos vídeos que são recomendados, usam as marcas que conhecem e quase 79% tem seu professor como principal fonte de informação. Em segundo lugar vem o Facebook responsável por 77% das informações.

Para isso funcionar precisamos que a mídia informe o público, que os professores informem seus alunos, que as marcas que apoiem a mídia e eventos, que o público que consuma as marcas, mídias e eventos. Se alguém falhar a engrenagem para de girar e o ciclo não fecha.

Como mídia estamos tentando estreitar os laços com fãs, lutadores, professores, promotores de evento, marcas, mas mesmo assim é difícil. Colocamos canais em todas as redes sociais possíveis, listas de transmissão e um grupo aberto no Whatsapp, e seguimos pedindo para que os promotores nos enviem dados e divulguem seus eventos.  De graça. Queremos que todos reportem suas competições de graça e mesmo assim não conseguimos as informações.

Com mais pessoas assistindo lutas, mais pessoas se interessarão por muaythai, consumirão as marcas, assistirão vídeos, lerão artigos, algumas financiarão o Yoksutai e a roda segue girando.

Existe a demanda para um muaythai de alto nível, para o show de entretenimento como existe o UFC para o MMA, o ACB para o jiu-jitsu, o ADCC para o submission, o Thai Fight para o muaythai. A diferença é que no muaythai brasileiro não tem sheik de petróleo ou oligarca por trás, tudo aqui é colaborativo.

Nossos eventos nacionais muitas vezes tem ótimas lutas mas longe de uma estrutura profissional e dependem exclusivamente de bilheteria. No caso do Yoksutai dependemos que os Caveiras apoiem e financiem para chegarmos numa estrutura melhor. 

Para profissionalizar e manter o Yoksutai funcionando centralizamos tudo no padrim.com.br/yoksutai onde os Caveiras apoiam e em troca recebem alguns agrados, concorrem a presentes, participam de um grupo fechado de discussão no Whatsapp e Facebook. Em troca conseguimos gerar mais conteúdo, pagar troféus e organizar uma premiação para os melhores do ano, atualizar nosso equipamento, pagar servidores e receber algo por isso.

Mesmo com o apoio fixo de 30-40 pessoas ainda é complicado viver de jornalismo de muaythai. Produzir videos, escrever e noticiar os eventos sem uma equipe integral é um trabalho árduo que toma tempo.

Sabemos da dificuldade em pagar por uma iluminação ou contratar um painel de led para o evento, porém, informar seus alunos das marcas que apoiam o esporte, dos bons eventos, das mídias envolvidas, canais no YouTube ou simplesmente enviar os resultados do seu evento para o Yoksutai ou Acervo Thai é de graça. Compartilhar via facebook uma matéria, uma luta interessante, é de graça. Curtir as páginas, comentar e interagir nos vídeos, tudo isso é ajuda que não te custa um centavo.

Você tem a opção de financiar o Yoksutai e virar caveira com R$ 5-10 por mês, afinal, quanto custa uma passagem de ônibus? Ou uma cerveja? Você pode ser sócio dos estádios e colaborar com um trocado para que eles continuem existindo. Você pode comprar uma marca que apoia e patrocina lutadores ao invés daquela que não apoia ninguém.

Nossa comunidade precisa se unir, se organizar por conta própria e você precisa um botar uma moeda naquele serviço que acha relevante. Você precisa pagar sua entrada no evento. Você empresário precisa investir em estratégias de marketing. Você professor precisa estar em contato com outros professores e ler conteúdo relacionado à sua profissão.

Ou nos unimos e nos ajudamos, ou vai continuar do jeito que está. Caso queira receber notícias via Whatsapp, mande uma mensagem no +66648823083. Siga e comente o Yoksutai no Facebook, inscreva-se também no YouTube para mais notícias. Participe, o muaythai precisa de você para mudar.

*Dados levantados pelo Censo Yoksutai 2017

 

Leo Monteiro
Segue lá

Leo Monteiro

Escrevendo, fotografando, filmando, editando, promovendo e fazendo esse tal de muaythai chegar ao próximo nível.
Leo Monteiro
Segue lá

Últimos posts por Leo Monteiro (exibir todos)

Vire Caveira

Comments

comments

One comment

  1. É só assim para o nosso Esporte Crescer!!!
    Tenho Maior Orgulho de ser Caveira e sócio de alguns Estádios de Muaythai do nosso Estados,não só eu como alguns dos meus alunos.
    A idéia é justamente essa,passar a conscientizar a rapaziada que se tudo não funcionar em conjunto,isso tudo nunca vai pra Frente!!! União sem Ego…e só vai!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *