Menu fechado

Steel rapela e vence os GP’s femininos no Skull; Marco conquista cinturão 76kg

Compartilhe o link dessa notícia: https://yoksutai.com/ViVIb

Na tarde de ontem (15.12) aconteceu o último evento do ano, o Skull Heart Fighter 9, realizado no Skull Stadium em Suzano.

Com casa cheia, foram realizados 4 GP’s, 1 disputa de cinturão e 2 lutas com luvinhas de MMA.

GP Feminino 51kg

Gabi Moram foi campeã ao vencer a revanche contra Leticia Emily, que havia a derrotado no começo do ano, e na final sofreu, mas passou por Ana Carolina na decisão. Gabi vinha bem na luta pressionando e mantendo sua adversária nas cordas, até que no segundo round recebe um direto no queixo que derruba Gabi.

O árbitro dá uma chance e não abre contagem, mas Ana consegue o melhor golpe da luta e vira a luta. Gabi segue encurralando Ana e ao final do terceiro round os juízes decidem por um empate. No round extra Gabi segue com o mesmo jogo, pressiona e não deixa dúvidas, conquistando seu primeiro título.

GP Feminino 57kg

No GP 57kg, 2 candidatas a revelação do ano estiveram em ação. Cidoka enfrentou a gigante Kethlyn Russo e por pouco não foi nocauteada no primeiro round pelas duras joalhadas soltas. Cidoka sobreviveu ao castigo e voltou forte nos rounds seguintes com socos que balançaram Russo, que demonstrava cansaço, contudo, Cidoka chegou perto de virar mas não conseguiu devolver o castigo sofrido no primeiro round e acabou derrotada na melhor luta feminina da noite.

Do outro lado outra candidata a revelação 2019, Raphaela Pacman clinchou e não tomou conhecimento contra Joice Mendes na semifinal vencendo com tranquilidade a semifinal.

O que no papel seria uma batalha campal de joelhadas, com duas lutadoras altas e com o mesmo tipo de muaythai, mal começou. No clinche, ainda no primeiro round, Pacman conectou várias joelhadas de esquerda que fizeram Russo dobrar e receber uma contagem protetora. Russo conseguiu voltar da contagem mas Pacman correu para cima mandando mais algumas joelhadas e nocauteando ainda no primeiro round.

GP 55kg

Lucas Dias não deixou dúvidas nocauteando Bruno Guerreiro no R2 e o duro Moisés Lopes, que vinha de uma guerra contra Paulo André na melhor luta do evento, no terceiro round.

GP 70kg

Leo Bad Boy seguia invicto em sua carreira, até que encontrou Wesley Negão e teve sua invencibilidade quebrada e acabou nocauteado. Embalado por todas as suas vitórias por nocaute, teve sua revanche contra Wesley na semifinal do GP e, usando uma boa estratégia, vinha vencendo o combate por pontos.

A aproximadamente 5 segundos final da luta, Leo soltou uma joelhada cruzada que acertou o queixo de Wesley, que ficou em pé, mas praticamente nocauteado. Claramente machucado, foi virando de costas enquanto Leo ainda acertou mais alguns socos, o gongo encerrou o combate e Wesley Negão caiu nocauteado no seu corner. Como o tempo havia terminado, foi decretada a vitória por decisão dos juízes.

Na outra semifinal Felipe Mathias foi desclassificado ao acertar uma joelhada ilegal que nocauteou Matheus Meireles, que apesar de ter sido declarado vencedor, não teve condições de disputar a final deixando o cinturão para o prospecto Leonardo Bad Boy.

MX Xtreme

Nas 2 lutas com luvas de MMA tivemos 2 nocautes rápidos. Filipe Lucas segue indomável, consegue o sexto nocaute consecutivo ao vencer Zion Silva ainda no primeiro round (assista aqui). Já Wesley Maguila nocauteou Gibi Margutti no segundo, que anunciou aposentaria dos ringues para se dedicar à sua academia em Jacareí.

Na luta principal, Marco Black Diamond conseguiu seu segundo cinturão do ano ao vencer Denys Neguinho por nocaute técnico. Denys, que sofreu um corte no nariz com linha de pipa na semana na luta, resolveu manter a disputa e pagou o preço. Após alguns golpes ainda no primeiro round o corte abriu, Marco seguiu usando a vantagem no tamanho, pressionando, acertando boas joelhadas. Neguinho conseguiu colocar alguns low kicks mas no começo do terceiro round o médico decidiu que ele não tinha mais condições de continuar decretando o TKO.

O nocaute mais rápido do evento foi de Gyovana Menezes que nocauteou Isabely Lima com menos de 1 minuto.

RESULTADOS OFICIAIS:

Skull Heart of Figher 9
Suzano, 15 de dezembro de 2019

Cinturão Skull 76kg
Marco Black Diamond venceu Denys Neguinho por TKO no R3

GP 51kg
Gabi Moram venceu Leticia Emily na decisão
Ana Carolina venceu Jhani Mendes na decisão
Final
Gabi Moram venceu Ana Carolina no round extra

GP 57kg
Kethlyn Russo venceu Cidoka Rodrigues na decisão
Raphaela Pacman venceu Joice Mendes
Final
Raphaela Pacman venceu Kethlyn Russo por TKO no R1

GP 55kg
Moisés Lopes venceu Paulo André na decisão
Lucas Dias venceu Bruno Guerreiro por TKO no R2
Final
Lucas Dias venceu Moisés Lopes por TKO no R3

GP 70kg
Leonardo Bad Boy Guimarães venceu Wesley Negão na decisão
Matheus Meireles venceu Felipe Mathias por desclassificação
Final
Leonardo Bad Boy Guimarães foi declarado campeão

MX Xtreme
Wesley Maguila venceu Erasmo Margutti por KO no R2
Filipe Lucas venceu Zion Silva por TKO no R1

Super Lutas
Caue Bossio venceu Richar Pitcho na decisão
Mauricio Silva venceu Vinicius Guerreiro na decisão
Marcelo Gabriel venceu Clebson Grafite por TKO no R3
Gyovanna Menezes venceu Isabelly Lima por TKO no R1
Guilherme Linguiça vence Kaua Sidartha por TKO no R4
Junior Oliveira venceu Jean Castro na decisão
Kemilyn Keke venceu Raissa Barbosa na decisão
Leonardo Mobilon venceu Vitor Caspar por TKO no R4
Marcio Oliveira venceu Murici Gomes na decisão
Gustavo Safadão venceu Nicollas Alegria no R3

Leo Monteiro
Segue lá
Vire Caveira

Comments

comments

Post relacionado

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services